windbyinternet portugues ingles frances espanhol alemao O Portal da Construção | O Portal Saúde | O Portal de Turismo | O Portal de Negócios | Luxos Online | Shopping Online | Shopping Lisboa | EasyPro

packs lojas Notícias

INCoDe.2030 é iniciativa do governo que quer tornar Portugal mais digital

2017-04-20
A Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030 foi apresentada esta segunda-feira em Lisboa. O acesso de 90% da população à internet é um dos seus objetivos.

As 33 medidas do “Portugal INCoDe.2030” foram resumidas pelos ministérios responsáveis – Educação e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – em três grandes objetivos: “garantir a literacia e a inclusão digitais para o pleno exercício da cidadania”, promover a “estimulação em tecnologias e aplicações digitais” para qualificar o emprego e “produzir novos conhecimentos científicos” através da cooperação internacional.

São várias as ações que os dois ministérios e o coordenador global do “Portugal INCoDe.2030”, Pedro Guedes de Oliveira, apresentaram esta segunda-feira em Lisboa. A iniciativa interministerial tem ainda a participação das áreas governativas da Modernização Administrativa, do Planeamento e das Infraestruturas, do Trabalho e da Economia.

As dezenas de medidas previstas no programa, até 2030, servem propósitos como o de equipar todas as casas portuguesas com acesso à internet e capacitar 90% da população para utilizá-la com frequência. O programa prevê ainda que, até esse ano, 80% dos portugueses sejam competentes digitalmente (aos níveis básicos ou superiores), que mais de 250 mil jovens do Ensino Superior saiam das faculdades diplomados nesta área, que 80% dos empregados usem computadores com ligação à internet no local de trabalho e ainda que 90% dos consumidores nacionais utilizem a internet para aceder à banca eletrónica.

Na apresentação do programa, o ministro da Ciência, Manuel Heitor, explicou que Portugal precisa “de estabelecer metas para a educação digital da população” e que, por isso, é importante uma iniciativa como o “Portugal INCoDe.2030”, já que o país se encontra “significativamente abaixo da média da União Europeia em muitos destes aspetos”.

Desta forma ficaram justificadas as metas portuguesas apresentadas para 2030, com destaque para as habitações com acesso à internet. Na UE, eram 85% das casas em 2016, em Portugal, que contava com 74%, pretende-se que em 2030 a totalidade dos lares estejam equipados. Em 2016, eram 60% os utilizadores nacionais frequentes da rede, contra a média de 71% da UE.

Quanto às capacidades digitais dos portugueses, o governo prevê quase duplicar a percentagem de portugueses com competências básicas ou superiores em 13 anos (de 47% para 80% em 2030).

A iniciativa foi apresentada às 15 horas desta segunda-feira no Teatro Thalia em Lisboa, pelos ministros da Ciência, Manuel Heitor; da Presidência, Maria Manuel Leitão; da Educação, Tiago Brandão Rodrigues; e do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, numa sessão que terminou com uma intervenção do primeiro-ministro António Costa.

Artigo editado por Filipa Silva

Fonte: https://jpn.up.pt/2017/04/03/incode-2030-iniciativa-do-governo-quer-tornar-portugal-digital/

Portugal Digital. Apenas 39% das empresas estão online
Apenas 27% das empresas nacionais efetuam negócios online, com 54% das grandes empresas já dedicadas ao e-commerce. Apenas 39% das empresas portuguesas têm presença online,...

Pagamentos mobile começam a “roubar” adeptos de cartões de crédito e débito
De acordo com o relatório “Economia da Informação 2017”, divulgado pela ONU na última segunda-feira (02), métodos de pagamento digitais alternativos — tais como...

CTT promove oferta para e-commerce com nova campanha
Os CTT colocaram no ar uma nova campanha publicitária que pretende promover a sua oferta para e-commerce. Sob o conceito ‘Homem Encomenda’ , a nova campanha pretende...

Toysrus pede insolvência - Resultando do facto de não ter apostado em vendas online
A Toys "R" Us, a gigante do retalho, que durante anos tem feito as delícias dos mais pequenos, entregou um pedido de insolvência, na sequência de uma dívida esmagadora de um...

Portugal está determinado a tributar compras online
Portugal junta-se a um grupo de Estados-membros da União Europeia que quer tributar já a economia digital. O país "estará muito ativo nestes trabalhos", garante o Governo,...

Há cada vez mais portugueses a pensar comprar material escolar online
Há (muitos) mais portugueses a ponderar recorrer ao comércio online para comprar material escolar. O estudo Observador Cetelem Regresso às Aulas 2017 revelou que o número de...

Wal-Mart, o maior retalhista do mundo, vai associar-se em Setembro à Google para entrar em força no comércio eletrónico
1 PORQUE HÁ ALIANÇAS NO COMÉRCIO ONLINE? Esta parceria entre Wal-Mart e a Google é uma resposta à Amazon, cujo negócio de comércio eletrónico está a tornar-se uma...

QUAL A LOJA VIRTUAL INDICADA PARA O MEU NEGÓCIO - SERÁ O SEU PREÇO O FUNDAMENTAL
Capítulo 2 (1ª parte - “Funcionalidades” da Loja Virtual) A oferta de lojas virtuais ao dispor do empreendedor é bastante vasta, sendo que nem todas as opções...

A Loja Virtual
ONDE VENDER NA INTERNET - QUE FERRAMENTAS UTILIZAR Capítulo 1 (5ª parte) "Loja Virtual" Quando o empreendedor equaciona expandir o seu negócio ao comércio digital...

Plataformas de vendas online universais - Os Marketplaces
ONDE VENDER NA INTERNET - QUE FERRAMENTAS UTILIZAR Capítulo 1 (4ª parte) Plataformas de vendas online universais - Os Marketplaces As Plataformas de vendas online...

Partilhe esta página  

close Estamos a usar cookies para lhe dar a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a utilizar o nosso website concorda com a nossa utilização de cookies.
Para mais informações leia a nossa Politica de Privacidade

top