windbyinternet portugues ingles frances espanhol alemao O Portal da Construção | O Portal Saúde | O Portal de Turismo | O Portal de Negócios | Luxos Online | Shopping Online | Shopping Lisboa | EasyPro

packs lojas Notícias

O Comércio tradicional está a transformar-se

2018-06-24
O comércio tradicional está a transformar-se com o aparecimento do comércio online, que obrigam as lojas físicas a esforçar-se para atrair os clientes e modernizar-se.
Em Portugal, as marcas ainda conseguem ter a sua quota-parte, já que, segundo o estudo Observador Cetelem eCommerce 2018, a grande maioria das pessoas compra nos sites das marcas.

São mais de 80% as pessoas que escolhem comprar no site da marca, versus 56% que vão a plataformas agregadoras. e as páginas de classificados, atingem 24% dos consumidores.

A maior motivação para comprar online são a comodidade, e os preços baixos, sendo que os sites fazem muitas vezes promoções e descontos.

Estes números mostram que os portugueses confiam na credibilidade das marcas e lojistas físicos, e no menor risco de fraude que traz efectuar compras numa página oficial de um comerciante que já conhecem. É como se fossem ver as montras mas no seu computador.

O estudo mostra também que as pessoas fazem as compras a partir de casa, com 95% dos consumidores a preferir o conforto. O local de trabalho foi escolhido por um terço dos portugueses como cenário de compras.

As plataformas que não são apropriadas para o comércio online também são utilizadas pelos consumidores, que desta forma contactam directamente com os comerciantes. Uma das formas de fazê-lo é através das redes sociais, apesar de não ter muita representatividade.

O perfil do cliente de comércio online tem entre 25 e 44 anos. Nos últimos 12 meses, 25% dos portugueses realizaram compras online, revela o estudo. A população envelhecida do país, que na sua maioria não é utilizadora regular da internet, faz com que esta percentagem não seja ainda mais alta.

O método mais utilizado pelos inquiridos para pagar as compras é a referência de Multibanco, seguida da opção por transferência bancária. Cerca de 35% dos consumidores utilizou o cartão de crédito para efectuar os seus pagamentos online, e o gasto em média no último ano foi de cerca de 651€, diz o estudo.

96% dos inquiridos no estudo afirmaram que tencionam continuar a fazer compras online, uma tendência que veio para ficar, e que obriga os empresários a operarem uma reestruturação ao formato dos seus negócios.

COVID-19 - Pacote de medidas de 18 de março 2020
No seguimento da aprovação das medidas aprovadas pelo Governo da Republica Portuguesa, passamos a expor a comunicação da AIP-Associação Industrial Portuguesa / CCI -Câmara...

Apenas um terço das lojas online cumpre normas europeias de defesa do consumidor
A Comissão Europeia e as autoridades de proteção do consumidor alertam comerciantes para se ajustarem à lei da UE. Bruxelas publicou os resultados de uma sondagem feita a...

O que falta ao comércio eletrónico em Portugal?
Os anos 2000 foram marcados pela difusão da internet e, posteriormente, pelo desenvolvimento de negócios na área do e-commerce e venda de produtos físicos online. Portugal,...

AKI com os melhores números de sempre nas vendas através da internet
Julho foi o mês mais forte de sempre do AKI nas encomendas online, com os números a subirem 168% face ao mesmo período do ano passado e as visitas a crescerem 50%. Em valor...

96% dos compradores online tencionam continuar a fazer compras através destas plataformas
Um em cada quatro portugueses vai gastar mais em compras online. A tendência é a de que os consumidores continuem a fazer mais compras através dos canais digitais. O Estudo...

Confiança e comodidade levam os portugueses a aderir ao e-commerce
Confiança e comodidade são os fatores que os portugueses consideram fundamentais para aderir ao e-commerce. De acordo com um estudo publicado pela Levelsource, e que inquiriu...

COMPRAS ONLINE MAIS FÁCEIS, JÁ NÃO EXISTEM FRONTEIRAS NA UNIÃO EUROPEIA
O PARLAMENTO EUROPEU ANUNCIOU O FIM DO BLOQUEIO GEOGRÁFICO, QUE PERMITIRÁ UM COMÉRCIO MAIS LIVRE E ABERTO EM TODA A UNIÃO EUROPEIA. LIVROS, MÚSICA E JOGOS DE FORA. Muitos...

E-commerce. Cada vez mais compras online e com tendência para subir
Com cada vez mais pessoas a utilizarem a Internet e a fazerem compras online, o comércio eletrónico está num momento de viragem potenciado pela combinação entre o social e o...

Brasil e Portugal assinam acordo para ampliar e-commerce entre países
Parceria deve diminuir tempo médio para entrega de encomendas registradas de 40 dias úteis para 12 dias após liberação pela Alfândega. Brasil e Portugal assinaram nesta...

Metade das compras 'online' nacionais são feitas em retalhistas que operam em Portugal
Metade das compras na Internet feitas em Portugal é realizada em retalhistas que operam no mercado português e um quinto em entidades que operam na Europa, de acordo com um...

close Estamos a usar cookies para lhe dar a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a utilizar o nosso website concorda com a nossa utilização de cookies.
Para mais informações leia a nossa Politica de Privacidade

top